Costa Rica - MS, sábado , 17 de Fevereiro de 2018
Cerveja Eisenbahn

Mato Grosso do Sul processou 43 milhões de toneladas de cana nesta safra

As usinas de Mato Grosso do Sul processaram 43,650 milhões de toneladas de cana-de-açúcar desde o início da safra, em abril do ano passado, até a primeira quinzena de janeiro, cerca de 5% a menos do que no mesmo período do ano passado segundo a Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul).

O presidente da entidade, Roberto Hollanda Filho, afirma que apesar do resultado, o volume de moagem está dentro das expectativas, já que não haviam sido projetados grandes percentuais de crescimento para os setor este ano. “ A safra fica estável este ano, já que nessa mesma época em 2017 haviam sido moídas 50 milhões de toneladas”.

Até o momento foram produzidas no estado 1,5 milhão de toneladas de açúcar e 2,5 bilhões de etanol. “Também estamos dentro da nossa expectativa.

A produção de açúcar está abaixo porque teve geada no inverno passado”, comenta Hollanda Filho.

Segundo ele, Mato Grosso do Sul tem 800 mil hectares de plantações de cana e mais de 70% do que é colhido vai para a produção de etanol. A produção desse combustível é priorizada porque tem maior rentabilidade em comparação com o açúcar.

O presidente da Biosul acrescenta ainda que o estado ainda está na fase de colheita da safra 2017/2018, que termina no dia 31 de março. O atraso se deu principalmente pelas chuvas, que atrapalharam os trabalhos no campo.

“Como choveu no começo da safra, as usinas que normalmente terminariam o processo nessa época do ano ainda tinham cana. Tem unidades ao norte e sul do estado que ainda estão moendo”, afirma.

 

 

 

http://cenarioms.com.br/

 

Sobre Sadib de Oliveira

Sadib de Oliveira
Diretor da Radio RCR FM e Site Costa Rica News. Jornalista,radialista .

Verifique também

Prazo para participar de projeto da merenda escolar termina dia 8

Entre os dias 22 de janeiro e 8 de fevereiro estará aberta a chamada pública …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *